Captação de clientes na advocacia – Uma jornada em 4 atos

Vitor Garcia 2 min de leitura

Se você já iniciou a sua carreira na advocacia, já deve ter chegado à conclusão de que não dá para ficar dependendo somente de indicação. Ou seja, Para crescer você investir na captação de clientes na advocacia! E a expansão da sua carteira de clientes é sua responsabilidade!

Porém, não basta atrair contatos de forma ética através do Marketing Jurídico, e depois desperdiçar estas oportunidades, por não saber conduzir corretamente cada cliente até o fechamento do contrato.

E acompanhando diversos escritórios de advocacia por todo o Brasil, identificamos estas 4 boas práticas (ou 4 atos como preferimos chamar aqui) de captação de clientes na advocacia, para transformar contatos em contratos!

1º ato na captação de clientes na advocacia: Google Ads

O Google Ads é uma ótima ferramenta na captação de clientes na advocacia pois, você pode gerar iscas digitais que irão aparecer para quem estiver pesquisando por um advogado no Google.

E nessa jornada a função do Google Ads é levar o prospecto para o site do seu escritório.

2º ato na captação de clientes na advocacia: Site do seu escritório

O site serve muito mais do que apenas ter uma foto da fachada do seu escritório, uma foto sua e o seu endereço e telefone. É papel do site também trabalhar na captação de clientes. E para isso ele precisa ter um conteúdo que influencie o cliente para que ele entre em contato com você. 

E quando isso acontece, no próximo ato vem entre em ação o advogado.

3º ato na captação de clientes na advocacia: O advogado

Chegamos na reta final na jornada da captação de clientes na advocacia. E aqui entra em ação o advogado. E de nada adianta o cliente ter passado pelos dois atos anteriores e chegar aqui, se o advogado não souber como fazer um bom atendimento.


Lembrando que diferente dos clientes que vêm por indicação de amigos ou parentes, os clientes que vem pelo Google não sabem quem é você. Por isso, fazer um bom atendimento é essencial e pode ser o seu diferencial em relação a outros advogados.

4º ato na captação de clientes na advocacia: pós atendimento

E aqui é onde realmente acaba a jornada de captação de clientes na advocacia. Mas também é onde muitos advogados erram! Uma vez que o cliente fechou contrato com você, ele não pode ser esquecido ou sentir que está esquecido.

Tente manter uma comunicação, informando o andamento do processo, nem que seja uma mensagem no WhatsApp. Caso você tenha muitos clientes, uma ferramenta de CRM pode te ajudar a gerenciar esse contato com os clientes.

Nessa jornada todos precisam fazer o seu papel

É importante ressaltar que nesta jornada, o advogado sem marketing terá que fazer um esforço sobre-humano para percorrer toda essa jornada sozinho.

Porém, o marketing também precisa que o advogado saiba fazer um bom atendimento para que no final da captação de clientes, o contato vire contrato.


Gostou desse conteúdo? Então não deixe de conferir outros artigos em nosso blog clicando aqui.

Escrito por

Vitor Garcia

Especialista em Marketing Jurídico Digital

Graduado em Tecnologia em Produção Multimídia. Atuou como professor de Design pelo SENAC-MS e é consultor de Inovação e Marketing Digital pelo mesmo. Paralelamente, auxiliou empresas de diversos segmentos e localidades a expandirem através dos meios digitais. Certificado pelo Google, foca atualmente em auxiliar Advogados a vencerem a concorrência através do Marketing Jurídico Digital.